Saiba mais sobre tipos de blindagem

blindagem

Saiba mais sobre tipos de blindagem

Por conta do avanço das cidades na modernidades, muitas demandas apareceram, principalmente relacionados a segurança e a blindagem.

Nesse sentido, empresas como as automotivas começaram a pensar em como poderia melhorar a segurança de carros em locais onde a violência e a insegurança reina. Essas empresas então pensaram na blindagem dos vidros dos carros.

Assim, o vidro blindado para carros vem crescendo e o mercado vem aumentando com empresas especializadas nesse tipo de serviço.

Porém, a blindagem não está apenas nos vidros, mas também na carroceria, com a substituição do aço comum por aramida como um material composto de macromoléculas, e além de proteger garante um menor preço.

Assim, há alguns tipos de blindagem que veremos melhor ao longo desse texto.

Tipos de blindagem

Os tipos de blindagens de vidros conhecidas para carro blindado são:

  • Nível I;
  • Nível II e II-A;
  • Nível III-A;
  • Nível IV.

A blindagem mais barata e mais comum. Esse tipo de blindagem não possui os vidros muito espessos o que garante que ele não sofra de delaminação. Os calibres suportados por esse nível é os calibres .22 e .38, que são revólveres menos letais.

Esse tipo de blindagem é suficiente para as cidades, já que os assaltos acontecem com esse tipo de revólver.

O nível II e II-A são menos oferecidos, porém são mais resistentes. O nível III tem o uso restrito e só é usado se houver autorização especial do Exército e suporta tiros de 7.62 dos fuzis FAL, AR-15 e AK-47.

O nível IV por sua vez é proibida no Brasil e resiste a granadas e armas militares como calibres de .50.

Assim, a empresa de blindagem de carros vem pegando parte do mercado, tudo para garantir a segurança das pessoas das grandes cidades.

Composição da blindagem do vidro

Antes de falarmos sobre alguns tipos de motores de carro, é importante sabermos do que é composto o vidro blindado. O vidro blindado é feito por duas camadas de vidro geralmente, em que há uma camada mais macia e uma mais dura.

A parte ou camada mais macia torna o vidro mais elástico, de modo que ele flexione ao invés de estilhaçar. A parte dura garante que o impacto seja menor, garantindo a segurança e assim por diante.

Os motores nos carros

Além da blindagem de carros é de suma importância saber quais são os motores disponíveis e quais são as suas características, para que assim se conheça melhor o seu carro e também garanta sua segurança.

Os motores geralmente são classificados como motores 1.0, 1.4, 1.6, 1.8, 2.0 e turbo também.

Os motores 1.0 e 1.4

Os números dos motores servem para indicar as chamadas cilindradas do veículo, e sempre são vistas durante uma revisão. Cada número responde ao tamanho das câmaras de combustão, já que 1.0 significa 1000 cm³.

Os menos potentes é o 1.0, são bons no uso da cidade, e em terrenos mais planos. São bastante eficientes! As versões 1.4 são para uso urbano e tenham um bom desempenho, e o uso do combustível é um pouco maior.

Os motores 1.6 e 1.8

São motores mais potentes e geralmente estão em veículos como sedãs e SUV’s, O problema é o alto consumo de combustível se comparado aos 1.0 e 1.4. São ótimos nas retomadas de aceleração.

A outra vantagem é trocar menos marchas em subidas e com isso ocorre um desgaste de componentes como a embreagem.

Para quem trafega em estradas o 1.8 é uma boa escolha, já quem faz isso esporadicamente o modelo 1.6 atende muito bem.

Os motores 2.0 e turbo

Os modelos 2.0 são muito potentes e são indicados para quem pega grandes estradas, já que o consumo de combustível é bastante alto.

Outro modelo que vem ganhando representatividade é os turbinados de fábrica. É que eles trazem um bom desempenho com custo baixo de combustível. Assim um motor 1.0 turbo pode ter o mesmo desempenho de um 1.6 convencional.

Dessa forma, vimos que tanto os vidros blindados como os motores são importantes, e mais, todas essas peças precisam passar periodicamente por uma revisão mecânica para auferir a qualidade e o desempenho de todos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *