Manutenção de carros blindados

blindados

Manutenção de carros blindados

Vivemos em uma sociedade cada vez mais violenta e insegura, infelizmente. Investimos tudo que podemos na nossa segurança e na segurança da nossa família. Não à toa, a procura por veículos blindados no país tem crescido bastante.

Ter um veículo que proporciona proteção, sem dúvidas, nos deixa mais tranquilos ao circular nas ruas, principalmente nos grandes centros urbanos. Além de que, com isso, não nos sentimos tão vulneráveis às ameaças e práticas de criminosos.

Tendo isso em vista, as pessoas estão mais interessadas nessa medida extra de proteção.

De acordo com pesquisas no segmento, o Brasil lidera o número de contratações de blindagens de carros, em dez anos houve um aumento de 445% no número de veículos que passaram por esse processo e em 2014 foram blindados aproximadamente 12 mil carros no país, um recorde pelo quinto ano consecutivo.

Mas o que é preciso saber antes de optar por essa medida? Vamos entender melhor.

Requisitos para blindagem de veículos

Para a blindagem do veículo, primeiramente é preciso saber que todo o carro, caso ele não seja blindado de fábrica, é desmontado para que o procedimento seja feito.

Também é necessário frisar a importância da transferência de veículo, caso não seja feita, pode até resultar em multa e não queremos isso, não é?

Além disso, é preciso ter em mente que é o Exército Brasileiro quem regulamenta a blindagem, por isso, é necessário garantir que a empresa escolhida para fazer o procedimento no seu veículo seja certificada de acordo com essas normas.

Outra questão interessante e muito relevante é o preço. Mesmo com o crescimento no mercado do segmento, blindar um veículo – dependendo do veículo – pode demandar um bom investimento.

Por isso, é preciso pensar com muita cautela sobre a blindagem e optar por empresas especializadas e capacitadas, com profissionais competentes para garantir a seguridade de sua família.

Há, porém, alguns requisitos necessários que são avaliados antes de efetuar a blindagem. Como a necessidade de que o veículo precisa ter potência suficiente (no mínimo, um motor 1.6) e lataria compatível com a instalação das placas.

Vale ainda destacar que é necessária uma autorização do exército e a regularização do carro junto à Polícia Civil para realizar o procedimento.

Como é feita a blindagem?

Os carros blindados recebem dois tipos de tecnologia: a transparente, nos vidros; e a opaca, na lataria.

Para isso, o carro é desmontado, exceto o câmbio, o motor e o painel. Isso para que os espaços possam receber as camadas que oferecerão proteção balística.

Na tecnologia transparente são instaladas cerca de três camadas de vidro e uma de acrílico. Elas são afixadas em altas temperaturas e com o auxílio de cola especial.

Já a lataria do carro recebe até 12 camadas de aramida (aço inox laminado a frio combinado com tecido).

Após a contratação do serviço, o procedimento demora em torno de 40 a 45 dias.

O que varia bastante o valor da blindagem, além do modelo do carro e da empresa, é o nível da blindagem, além da necessidade de realizar ou não o serviço de Alinhamento e balanceamento a laser, que é determinado pelo grau da resistência balística. Atualmente, existem os níveis I, II, II-A, III-A e III.

O nível III-A é o maior deles. Com uma proteção quatro vezes maior do que a proteção de nível I, ele resiste a um alto nível de impacto e é um dos modelos de blindagem mais utilizado.

Portanto, é um veículo que requer cuidado especializado e manutenção mais específica. Por isso, é importante sempre fazer a inspeção veicular

Por que fazer manutenção de carros blindados?

De nada adianta investir na blindagem de um veículo e não ter os cuidados necessários.

Por esse motivo, a manutenção é essencial para a durabilidade do serviço realizado e qualidade de vida do seu veículo.

Além disso, a manutenção de vidros blindados e a existência do laudo cautelar, se for o caso, é essencial para garantir o pleno funcionamento desses sistemas.

Na lista abaixo, há dicas de como proceder na manutenção dos veículos blindados:

  • Use de forma correta as portas e os vidros;

  • Revise os amortecimentos e os freios;

  • Verifique os pneus;

  • Procure um seguro, para ampliar a segurança.

Portanto, além de investir na segurança, é essencial investir na manutenção e nos cuidados com a blindagem, a fim de que ela possa proteger você, sua família ou em situações de serviço.

Vale ainda destacar que a Manutenção de carros blindados deve ser realizada por uma equipe especializada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *